Charles Spurgeon: Chegando até Jesus Cristo a partir de cada texto bíblico

[…] Você se lembra da história do gaulês que ouviu um jovem pregar um sermão magnífico, grandioso, pretensioso e bombástico; e, depois de chegar ao fim, perguntou ao gaulês o que achava a respeito. O homem respondeu que não dava nenhum valor a ele. “E por que não?” “Porque não havia nele nada de Jesus Cristo.” “Ora”, disse o pregador, “mas meu texto não apontava naquela direção”. “Não importa”, disse o gaulês, “seu sermão deve seguir naquela direção”. “Não vejo o assunto assim”, disse o jovem. “Então”, disse o outro, “você ainda não vê como deve pregar. O modo certo de pregar é o seguinte: De cada aldeia minúscula na Inglaterra — não importa em que região — sempre sai, com toda a certeza, uma estrada para Londres. Embora talvez não haja estrada para outros lugares, certamente haverá uma estrada para Londres. Da mesma forma, de cada texto na Bíblia há uma estrada que leva a Jesus Cristo, e o modo certo de pregar é, simplesmente, dizendo: ‘Como posso, tomando esse texto como ponto de partida, chegar até Jesus Cristo?’ e, então, ir pregando pela estrada afora”. “Mas”, disse o jovem, “suponhamos que descubro um texto que não tem uma estrada que leva a Jesus Cristo?” “Faz quarenta anos que estou pregando”, disse o velho, “e nunca achei um texto bíblico assim; mas se chegar a achar um, passarei por sebes e cercas, e chegarei até Ele, porque nunca termino sem introduzir meu Mestre no sermão”.

[…] Se você não descobrir Jesus nas Escrituras, elas terão pouca utilidade para você, pois o nosso Senhor disse: “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim. Contudo, não quereis vir a mim para terdes vida” (Jo 5.39-40); e, por isso, suas buscas não dão em nada; você não acha a vida, e permanece morto nos seus pecados. Que isto não aconteça conosco!

Charles Spurgeon, Como ler a Bíblia

Conferência Cante as Escrituras – Eu vou!

Primeira Conferência Cante as Escrituras

clique para ampliar

É com muita alegria e louvor a Deus que anunciamos a Primeira Conferência Cante as Escrituras, que ocorrerá na Igreja Batista Central de Fortaleza (de Pedras), no Ceará [como chegar?]. Acontecerá dia 21 de maio (sábado) das 19:00h às 21:00h. Iremos defender, através de uma análise bíblica, as três premissas básicas de nosso manifesto: “A música cristã deve ser centrada nas Escrituras“, “A música cristã deve ser baseada nos Atributos de Deus” e “A música cristã deve expor Cristo“.

Com o intuito de cobrir parcialmente alguns gastos e abençoar outras vidas, a conferência não será gratuita. Mas sem desespero! A entrada custará UM REAL + 1 kg de alimento não perecível. O dinheiro cobrirá gastos, os alimentos serão doados para a ação social da própria IBC.

Pregador: Yago Martins, co-diretor e co-fundador do Cante as Escrituras, membro do Ministério Voltemos ao Evangelho e da Missão GAP.

Se você mora no Nordeste do Brasil, especialmente no Ceará, não perca essa oportunidade. Esperamos você lá para juntos proclamarmos uma música gospel mais cristã!

NOTA: A conferência será transmitida ao vivo por twitcam. Siga o Twitter do Cante as Escrituras e esteja online dia 21, às 17:00 horas para conferir.

John Piper – Convicções sobre Comportamento Homossexual e Ministério a Pessoas Homossexuais

Resolução emitida pela Conferência Batista Geral no Encontro Anual em Estes Park, Colorado, EUA. 27 de junho de 1992.

Por John Piper

Nós, os delegados do 114º Encontro Anual da Conferência Batista Geral reunidos em Estes Park, Colorado, nos dias 22 a 28 de junho de 1992, endossamos a seguinte resolução, composta de duas partes:

Parte Um

Nossa afirmação de que a Bíblia é a Palavra de Deus infalível com “suprema autoridade em todas as questões de fé e conduta”, e nossa afirmação de que “um Cristão deve viver para a glória de Deus” inclui as seis convicções sobre heterossexualidade e homossexualidade a seguir:

1. Nós cremos que a heterossexualidade é a vontade revelada de Deus para a humanidade e que, sendo Deus amoroso, uma expressão casta e fiel dessa orientação (como solteiro ou como casado) é o ideal para o qual Deus chama todas as pessoas.

2. Nós cremos que uma orientação homossexual é o resultado da queda da humanidade a uma condição pecaminosa que penetra cada pessoa. Mesmo que possam ser descobertas raízes biológicas ou familiares para a homossexualidade, nós não cremos que isso serviria de autorização ou desculpa para o comportamento homossexual, embora tais descobertas aprofundariam a nossa compaixão e paciência por aqueles que estão lutando para serem livres de tentações sexuais.

3. Nós cremos que há esperança para a pessoa com orientação homossexual e que Jesus Cristo oferece uma alternativa restauradora, na qual o poder do pecado é quebrado e a pessoa é liberta para conhecer e experimentar a sua verdadeira identidade em Cristo e na comunhão da Sua igreja.

4. Nós cremos que essa liberdade é alcançada por um processo que inclui reconhecer o comportamento sexual como pecado, renunciar à prática do comportamento homossexual, redescobrir amizades saudáveis e não-eróticas com pessoas do mesmo sexo, abraçar um estilo de vida sexual moral, e, na era por vir, levantar dentre os mortos com um novo corpo livre de todo impulso pecaminoso. Esse processo assemelha-se ao processo de santificação necessário para lidar com as tentações heterossexuais, de igual modo. Nós cremos que essa liberdade vem por meio da fé em Jesus Cristo, pelo poder do Seu Espírito.

5. Nós cremos que todas as pessoas foram criadas à imagem de Deus e que a todas elas deve ser conferida a dignidade humana. Nós cremos, por essa razão, que molestar pessoas com orientação homossexual com ódio, medo ou indiferença é um comportamento que deve ser repudiado. Nós cremos que o respeito por pessoas com orientação homossexual envolve compartilhar, de forma honesta, racional e não-violenta, os fatos relacionados à imoralidade e à culpabilidade* do comportamento homossexual. Por outro lado, endossar um comportamento que a Bíblia desaprova põe em risco a vida das pessoas e desonra a Deus.

6. Nós cremos que as igrejas Cristãs deveriam lançar-se em amor e verdade para ministrar a pessoas afetadas pela homossexualidade, e que aqueles que fazem guerra Biblicamente contra suas próprias tentações sexuais deveriam ser pacientemente assistidos em suas batalhas, e não banidas ou desprezadas. Todavia, à medida que uma pessoa assume papéis de liderança ou exemplo mais proeminentes em uma igreja ou instituição da Conferência, maiores serão as expectativas em relação ao ideal de Deus para a obediência sexual e integridade. Nós afirmamos que tanto pessoas heterossexuais quanto homossexuais deveriam encontrar ajuda na igreja para engajarem-se na batalha Bíblica contra todos os pensamentos e comportamentos sexuais impuros.

Parte Dois

Ademais, nós endossamos as seguintes afirmações como uma implicação das seis convicções anteriores.

Considerando que as convicções quanto à pecaminosidade do comportamento homossexual, assim como as convicções quanto à pecaminosidade da mentira, do roubo, do assassino, da ganância etc., são uma parte essencial do nosso comprometimento com a suprema autoridade da Bíblia em todas as questões de fé e conduta,

e considerando que uma pessoa que considere mentir, roubar, assassinar ou cobiçar como estilos de vida biblicamente aceitáveis não deveria e não poderia ser considerada qualificada para servir na liderança da nossa Conferência, ou ensinar em suas instituições educacionais, ou servir como pastores nas igrejas da Conferência Batista Geral, ou como diretores ou professores de qualquer escola religiosa*, ou como missionários da Conferência Batista Geral,

assim nós afirmamos que, do mesmo modo, aqueles que considerem ser o comportamento homossexual um estilo de vida biblicamente aceitável não estão qualificados para servir na liderança da Conferência, ou ensinar em suas instituições educacionais, ou servir como pastores nas igrejas da Conferência Batista Geral, ou como diretores ou professores de qualquer escola religiosa*, ou como missionários da Conferência Batista Geral.

Nós ainda afirmamos que esta afirmação é simplesmente um esforço para tornar explícito o consenso religioso implícito da Conferência Batista Geral com respeito ao significado do Artigo Um (A Palavra de Deus) e o Artigo Oito (Conduta Cristã) da nossa Afirmação de Fé, adotada em 1951.

Original: http://www.desiringgod.org/
Tradução: Vinícius S. Pimentel

Enchentes em Pernambuco – Como eu posso ajudar?

Enchente arrasa Palmares

Palmares, 9h de ontem. No município pólo da Zona da Mata Sul de Pernambuco, distante 121 quilômetros do Recife, as cenas eram típicas de uma guerra. Homens do Exército e do Corpo de Bombeiros, montados em quatro botes de borracha, atravessavam ruas transformadas em rios, brigando até contra fortes correntezas para salvar as pessoas dependuradas em telhados e no alto das árvores. Na luta pela sobrevivência, centenas de pessoas andavam atordoadas para escapar de uma das maiores enchentes da história da cidade de 70 mil habitantes.

O temporal dos últimos dias provocou o transbordamento do rio Una, que inundou pelo menos oito bairros, deixando, de acordo com os primeiros cálculos, 12 mil desabrigados. No Hospital Regional, um dos maiores de toda a região, a água atingiu o primeiro andar, destruiu os equipamentos, obrigando os voluntários a fazer um resgate dramático de 160 pacientes, sendo 14 em estado grave. A ponte da BR-101 Sul foi interditada e, no final da tarde, já sofria com o aumento de volume do rio, que cobria a pista. As pontes de Santa Terezinha e Japaranduba caíram e um voluntário estava desaparecido até às 17h.

Sem água, luz, cortada ainda de madrugada, e telefones convencional e celular, a cidade estava realmente ilhada, dando muito trabalho aos centenas de voluntários e 70 homens de seis grupamentos de bombeiros da região, além de quatro guarnições do Exército. Na localidade das Pedreiras, junto ao rio, pelo menos 40 casas foram comprometidas pela água e toda a comunidade ficou submersa.

A enchente também atingiu em cheio a Cohab I, a Usina 13 de Maio, Santo Onofre e Santa Luzia, que tiveram desabamentos de barreiras. No Centro, o volume de água chegou a mais de dois metros em algumas ruas, cobrindo carros e arrastando botijões de gás, além de animais mortos. Pelo menos 15 casas caíram. “Eu nunca vi isso desse jeito. As barragens de Panela de Miranda e Cupira transbordaram de madrugada e o rio começou a subir de repente e ninguém conseguiu salvar nada”, afirmou o voluntário José Carlos Barros dos Santos, 21, que estava ajudando a retirar as pessoas dos locais mais prejudicados.

A enchente do rio Una pegou o comércio de Palmares de surpresa. No pátio da Sulanca e na feira o sinal era de desespero. “Eu posso afirmar que o prejuízo do comércio é de no mínimo R$ 10 milhões”, declarou Sinho Bezerra da Silva, dono do Hotel Poeta dos Palmares, o maior da cidade. “Muita gente quebrou hoje, pode ter certeza. Eu acho que no frigorífico em que eu trabalho já passou dos R$ 500 mil”, acrescentou Ludimar de Oliveira, funcionário do Friscal.

Nem o poder público conseguiu escapar da força das águas. A rua da prefeitura municipal ficou intransitável. O Fórum, o cartório e Casa da Justiça foram inundadas, tendo o volume da enchente alcançado mais de 1,7 metro de altura. “Não fomos lá ainda, mas já imaginamos o prejuízo. Não sei como vai ser possível fazer uma eleição em outubro”, lamentou Noel de Paula, funcionário da Justiça.

O drama de Palmares foi acompanhado de perto pelo representante da Secretaria de Saúde do Estado, Eduardo Sá Barreto. Desesperado, após passar a noite ilhado no Hospital Regional, conseguiu ser resgatado pelos bombeiros, completamente molhado e ansioso em encontrar um telefone público para repassar as informações ao governo. “Precisamos urgentemente de soro, remédios para dor e para problemas respiratórios”, disparou.

Fonte: JC OnLine

Como eu posso ajudar?

Doações para as vítimas das chuvas em Pernambuco

Se alguém quiser ajudar as vítimas dessas enchentes, há várias igrejas cristãs atuando diretamente. Abaixo, o contato de algumas igrejas para quem quiser fazer doações:

Igreja Evangélica Água da Vida
Contato: vspimentel@gmail.com

Igreja Presbiteriana de Boa Viagem
Contato: ipbv@ipbv.org.br