Um pouco de maná: “Me ensina o caminho?”

Como encontrar a saida?

“Ainda assim, torna para mim, diz o SENHOR” (Jeremias 3.1)

Imagine aquela brincadeira que vemos na TV de colocar um ratinho num labirinto, para que ele encontre a saída.

Por mais inteligente que o ratinho seja, ele certamete errará o caminho inúmeras vezes, encontrando becos sem saída, tendo que fazer a volta, batendo a cabeça nas paredes do labirinto… Enquanto isso, nós, que assistimos tudo de cima, poderíamos facilmente indicar qual o caminho certo.

O mesmo acontece no reino espiritual, em nossas vidas. Passamos a maior parte do nosso tempo tentando sair, sozinhos, do labirinto de nossa existência, das confusões da vida… E, nesse esforço maluco, perdemos o rumo, entramos em becos sem saída… E quantas vezes batemos a testa na parede! Enquanto isso, o Criador, lá de cima, enxerga tão fácil a saída…

Como seria simples se simplesmente olhássemos pro céu e disséssemos: “Tá, eu desisto. O Senhor me ensina o caminho?” E Ele, com todo o amor e carinho com que sempre nos tratou, nos apontará a saída e nos guiará a um lugar de descanso.

O terrível erro de nossas vidas é a obstinação, é achar que somos capazes de fazer escolhas certas com a nossa própria inteligência e percorrer o caminho certo com a nossa própria força. Nos recusamos a entender que somos apenas ratinhos perdidos em um labirinto infernal, e que nossa única esperança é olhar para o alto e dizer: “Me ajuda?”

“Feliz é o ser humano que compreende sua limitação, incapacidade e insuficiência, e por fim aceita o inevitável fato de que não pode coisa alguma longe de seu Criador.”

Anúncios

2 respostas em “Um pouco de maná: “Me ensina o caminho?”

  1. já vi essa história do ratinho antes..
    muito bom o texto!
    que Deus continue te abençoando, iluminando os teus passos e te dando sabedoria, para que, cada dia mais, tu possa ser usado pra engradecer o único que é digno de toda glória, honra e louvor!
    paz!

  2. Lindo post! A vontade do Pai é sempre perfeita.
    As respostas de Deus para nós muitas vezes não são compreendidas, mas como o ratinho da história, nossa visão é muito limitada.
    Paz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s