O que eu faço com Romanos 6?

Sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos; porquanto quem morreu está justificado do pecado. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos, sabedores de que, havendo Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte já não tem domínio sobre ele. Pois, quanto a ter morrido, de uma vez para sempre morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus. Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus. (Romanos 6.6-11)

Observemos o capítulo 6 da carta aos Romanos. Ali, o apóstolo Paulo nos relata a posição vitoriosa de um homem justificado. Uma vez incluídos em Cristo através da nossa identificação com Ele, a Bíblia diz que nós “morremos para o pecado” (v. 2), “libertados do pecado, fomos feitos servos da justiça” (v. 18) e que “o pecado não terá domínio sobre nós, pois não estamos debaixo da lei, e sim da graça” (v. 14).

É preciso notar que tais assertivas não são promessas de Deus para as nossas vidas. Promessas são coisas que Deus diz que irá realizar. Todas essas gloriosas afirmações de Romanos 6 referem-se a coisas que Deus realizou. São fatos passados, resultantes da obra de Deus em nós. Pela mesma razão, não podemos ler Romanos 6 como se fossem mandamentos de Deus. Aqui Deus não nos diz que devamos morrer para o pecado, que devamos nos livrar do domínio do pecado ou que devamos nos tornar servos da justiça. Não! A Bíblia diz que tudo isso já foi feito por Deus através da cruz de Cristo e da nossa inclusão nela.

O que é Romanos 6, então? São verdades de fé. São fatos espirituais operados por Deus de forma sobrenatural no passado, quando nós morremos com Cristo de forma inclusiva no Calvário. Estávamos lá, morrendo com Ele, para que Romanos 6 deixasse de ser simplesmente uma promessa, e se tornasse real em nossas vidas.

Sendo assim, não faz nenhum sentido tentarmos morrer para o pecado, quando a Palavra diz que já morremos! Igualmente, é tolice tentar se livrar do domínio do pecado ou se tornar um servo da justiça, quando Deus diz que Ele realizou estas coisas em nós por meio do Seu Filho. É um esforço inútil e sem valor tentar transformar as palavras de Romanos 6 em realidade – elas já são reais!

Como devemos encarar Romanos 6, então? Devemos nos esforçar para alcançar tais verdades? Não! Devemos simplesmente pôr nossa nas Escrituras, sabendo que Deus já fez tudo aquilo por nós. Ele nos fez morrer para o pecado. Ele nos livrou do domínio do pecado. Ele nos tornou servos da justiça. Está consumado! Quanto a isso, não há mais nada a fazer senão crer.

Que possamos pôr nossa fé (confiança e fidelidade) em Deus, sabendo que aquilo que Sua Palavra diz de nós é a verdade. “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.” (Hebreus 11.1)

Em Cristo,
Vinícius Pimentel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s