Qual é a unidade que agrada a Deus? (Parte 4)

Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz; há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos. (Efésios 4.1-6)

UMA TRISTE NOTÍCIA REAL

21. A verdade é, irmãos, que escrevo este texto para noticiar com lamento no coração algo que acontece neste momento dentro do chamado povo de Deus, no Brasil. Trata-se de uma pretensa unidade a ser firmada entre os evangélicos e os católicos romanos, projeto capitaneado por um famoso grupo de louvor que me tem entristecido por inúmeras vezes. Quando eles cantaram “A nossa unidade irá trazer a glória do Senhor”, em 2005, eu cantei junto. Não imaginava que seria este o tipo de unidade que eles estavam propondo. Depois disso, músicas que nós cristãos cantamos, com muita emoção e gozo no Espírito Santo, foram cedidas para padres católicos regravarem em seus CDs. Ao longo deste ano, foram muitas as manifestações dadas pelos integrantes desse grupo musical em favor da tal “união” com os católicos. A última delas, ocorrida em setembro, foi o evento “Um só Deus”, no qual um dos cantores ligados ao grupo uniu-se ao grupo católico Rosa de Saron para dizer: “Maior é o que nos une do que o que nos separa”.

22. A notícia é triste, mas real. O que me impressiona nisso tudo é que o Rosa de Saron soube aproveitar a oportunidade para cantar “Ave Maria” diante de uma multidão de evangélicos que estava presente. Qual terá sido a reação destes? E qual a opinião do tal grupo de louvor evangélico diante disso?

23. Sinceramente, receio que este grupo já tenha caminhado no erro por tempo demais, ao ponto de o Senhor ter rejeitado o seu ministério como fez com os reis de Samaria. Oro para que eu esteja errado, e para que eles sejam levados ao arrependimento genuíno.

24. Minha maior preocupação, todavia, é com os muitos pequeninos que consideram este um grupo “abençoado”, como eu também já considerei. Angustio-me por saber que muitos ouvem as baboseiras que as “estrelas gospel” falam em seus púlpitos (ou melhor, palcos) e são incapazes de julgar seus ensinos à luz da Bíblia. Por favor, irmãos, prestem atenção! Vigiem! Tenham cuidado dos falsos mestres! Afastem-se deles! Não se deixem levar por caminhos que desagradam ao Senhor.

25. Entendam-me: não possuo nenhum problema pessoal com este grupo ou com seus membros. Pelo contrário, eu os defendi quando achei que as acusações eram invejosas. Quando chegaram os primeiros boatos dessa união com os católicos, eu também os defendi, pois não havia fatos consistentes. Agora, porém, são fatos noticiados por eles mesmos, e divulgados por todos os meios de comunicação! Por mais que os ame em Cristo, não posso mais caminhar com eles. Deus não me permite.

26. A sua Bíblia também diz o que a minha diz: RETIRAI-VOS, SEPARAI-VOS e NÃO TOQUEIS EM COISAS IMPURAS. Portanto, cabe a você examinar todas as coisas e obedecer a Deus, afastando-se de todo aquele que anda desordenadamente.

Fraternalmente, com pesar no coração, porém convicção no Espírito,
Vinícius

Anúncios

2 respostas em “Qual é a unidade que agrada a Deus? (Parte 4)

  1. http://www.combompastor.com.br/site/home/redirect.asp?menu=irmaos_de_fe/evangelicos_catolicos

    Conheço dois pastores, amigos meus, que estão nas fotos, abraçando essa furada. Fora que o cabeça desse movimento, por parte dos carismáticos, o tal de Jonas Abib, é um adorador ferrenho de Maria. Esse pessoal, inclusive, credita a existência dos “dons” à Maria. Incrível a cegueira desse povo. Mais ainda a dos ditos evangélicos. Que unidade é essa? Como diz o Spurgeon, unidade da mentira?

    1 Co. 5 11: “Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for idólatra; com o tal nem ainda comais.”

    Abraço!

    • Pois é, Saulo. Estamos em dias difíceis. Os homens estão amando mais a mentira do que a verdade. Que Deus tenha misericórdia de nós.

      Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s